Construção de centros escolares

Feita a consignação, tiveram já início as obras de construção dos centros escolares de Madalena-Lufrei e Aboim, Chapa, Gatão e Vila Garcia, adjudicadas, respectivamente, às empresas Perdilhetes-Construções, Lda e QTCIVIL – Engenharia e Reabilitação, Lda.

O Centro Escolar da Madalena-Lufrei está a ser implantado na zona dos Ataúdes, na partilha das duas freguesias, sendo o valor da empreitada de 1 milhão e 765 mil euros, para um prazo de construção de 365 dias.

Aquele equipamento vai oferecer onze salas de aula, sendo oito para o 1º ciclo e três para o ensino pré-escolar, com áreas de utilização comum: sala polivalente com balneários; cantina/refeitório; biblioteca/TIC, sala de professores, instalações sanitárias, bem como outras áreas necessárias ao seu funcionamento.

Com uma área bruta de 2.250 metros quadrados, o edifício vai desenvolver-se em dois pisos, com o rés-do-chão a acolher o átrio de entrada, as áreas comuns e as salas do pré-escolar. As salas de aula destinadas ao 1º ciclo situar-se-ão no segundo piso, com acesso a partir do átrio por escada e elevador.

No caso do Centro Escolar de Aboim, Chapa, Gatão e Vila Garcia, o investimento é de 1 milhão e 738 euros, sendo o edifício a construir de três pisos. No piso -1 existirá uma meia cave; O piso 0 terá três salas de actividades para o pré-escolar, espaços comuns de biblioteca, sala de música, sala polivalente, salas de professores e de administração, refeitório e cozinha, com as respectivas instalações sanitárias e balneários. O piso 1 será dotado com cinco salas de aula para o ensino básico.

A construção dos dois centros escolares, cujo investimento é superior a 3,5 milhões de euros, obedece às estratégias definidas na Carta Educativa do Município para o território de Amarante.

Publicidade