Censos 2011

A 4 de Março teve lugar, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Amarante, uma cerimónia que marcou o inicio dos trabalhos de campo da maior operação censitária em Portugal - Censos 2011, com a presença do Presidente da Câmara, Armindo Abreu, e do Coordenador Regional do INE, Vítor Oliveira, os quais se dirigiram aos coordenadores de Freguesia e recenseadores, apelando ao maior rigor possível na recolha de dados. Os resultados apurados, enfatizou Armindo Abreu, servirão de base à definição das políticas públicas.

Os recenseamentos da População e Habitação, que se realizam de 10 em 10 anos, são operações estatísticas com o objectivo de recensear todos os cidadãos e famílias residentes, ou apenas presentes no território português, independentemente da sua nacionalidade, bem como todos os alojamentos e edifícios destinados à habitação, por forma a conhecermos as principais características da população e da habitação em cada país.

A participação da população nestes recenseamentos, para além de obrigatória nos termos legais, é, sobretudo, um direito de cidadania e um acto cívico fundamental para o conhecimento do País e para a implementação de políticas adequadas aos seus interesses e necessidades.

Os questionários dos Censos 2011 começaram a ser distribuídos à população no passado dia 7 de Março e a sua recolha terá início em 21 de Março.

Os Recenseadores entregarão os questionários em papel em todos os alojamentos, acompanhados de envelope fechado contendo os códigos de acesso para a resposta segura através da Internet, e prestarão todas as informações e apoio necessários ao seu preenchimento. A resposta através da Internet dispensará, naturalmente, a resposta em papel.

Os questionários respondidos em suporte de papel serão recolhidos pelo recenseador que os distribuiu, aquando de uma segunda visita. Caso, por qualquer motivo, essa segunda visita do recenseador vier a tardar, os questionários deverão ser entregues na Junta de Freguesia da área de residência.

Os trabalhos de campo obedecem às seguintes fases:
Fase 1: De 7 a 20 de Março: Distribuição da documentação aos cidadãos
Fase 2: De 21 a 27 de Março: Resposta só pela Internet
Fase 3: De 28 de Março a 10 de Abril: Resposta pela Internet e em papel
Fase 4: De 10 a 24 de Abril: Resposta só em papel

Publicidade