Casa da Vincondessa por dentro em imagens

Um grupo de Espanhóis, entrou dentro da casa da Viscondesa e fez este excelente trabalho de imagem.

 

Aposto que tem ou alguma vez teve a curiosidade de conhecer esta fabulosa casa por dentro! Se nunca teve a oportunidade, aqui ficam algumas fotos captadas pelo grupo.

 

História:

 

A casa da Viscondessa, o nome pelo qual é conhecida é de porte senhorial e tem brasão nas paredes.

 

O seu projecto é da autoria do famoso arquitecto portuense, Marques da Silva, tendo sido inaugurada no início do século XX.

 

O senhor que mandou construir a casa era filho de uma senhora que pertencia a uma família da casa da Botica, onde existia uma farmácia. Apenas com 16 anos viajou para o Brasil. Um dia, adoeceu e, como forma de cura, foi para o Sul do Brasil, para ser tratado pelos Índios. Quando ficou bom, resolveu aperfeiçoar os medicamentos que o curaram e construiu uma fábrica de produtos farmacêuticos tendo ganho muito dinheiro. Ainda no Brasil, casou com uma jovem, da qual teve seis filhos.

 

Mais tarde, ficou viúvo e resolveu vir para Portugal. Já em terra natal de sua mãe, conheceu uma senhora irmã do Dr. Trocato que era médico em Vila Meã. Apaixonaram-se e casaram na Igreja de Ataíde. O casal foi viver para o Porto, numa casa muito grande em Santa Catarina.

 

Viajavam várias vezes para o Brasil, onde mantinham o seu negócio industrial de produtos farmacêuticos e também os seus filhos do primeiro casamento. Por ser um senhor muito famoso e generoso, o Rei D. Manuel II deu-lhe o título de fidalgo cavaleiro e, passado algum tempo, o título de Visconde. Ele e a família vinham várias vezes passar férias a casa do sogro, dono da casa do Marmoiral.

 

Certo dia, pediu ao sogro para aumentar a casa mas este não lhe deu autorização, no entanto, cedeu-lhe um terreno para que pudesse construir a sua própria casa. Foi então edificada a casa de Santa Cruz, mais conhecida pela casa da Viscondessa, porque a sua esposa também era assim chamada.

 

Nenhum dos seus descendentes directos quis ficar com a casa. Foi o neto da senhora Viscondessa, o Engenheiro Afonso, também dono da casa do Marmoiral, quem tomou posse da mesma para não ser vendida a pessoas que não pertencessem à família. Actualmente, ela encontra-se desabitada e muito degradada precisando de obras.

 

Fotos: Casa da Viscondesa

 

Vídeo I: Casa da Viscondessa I

 

Vídeo II: Casa da Vincondessa II (Curta-metragem - O Dia Santificado)

Publicidade