Temporal provoca estragos na região

O Vale do Sousa não escapou ao temporal que se abateu sobre a região Norte. Um pouco por todos os concelhos há casos de árvores derrubadas, estradas alegadas e até algumas inundações. O caso mais grave regista-se, até ao momento, em Vilela, Paredes, onde uma família de quatro elementos ficou desalojada depois do telhado da sua casa ter desabado.


“A casa estava em obras e o telhado não resistiu à força do vento. Depois a água causou grandes prejuízos no interior da casa”, referiu fonte dos Bombeiros.

Na sequência deste incidente, os cabos de electricidade ficaram cortados e uma mulher teve de ser transportada ao hospital. “Sentiu-se mal”, explicou a mesma fonte dos bombeiros.

Já em Rebordosa, uma árvore de médio porte caiu em cima de três carros estacionados na Praça das Comunidades, provocando alguns danos.

Os bombeiros desta corporação tiveram, igualmente, de ocorrer a uma situação semelhante em Astromil, onde os ramos de uma árvore também caíram em cima de uma viatura. Nesta freguesia, registou-se ainda a queda de uma outra árvore, mas desta vez no telhado de uma casa.

 

Em Penafiel, junto ao Macdonald’s dois carros também foram atingidos por uma árvore e em Sobrosa, Paredes, foi o muro de suporte do complexo desportivo que mais transtorno causou. Com cerca de três de altura, o muro não aguentou  com a água e caiu para a via pública sem atingir qualquer viatura ou pessoa.

 

Em vários pontos da região houve ainda cortes mais ou menos prolongados do abastecimento de electricidade.

 

In: verdadeiroolhar.pt

Publicidade